Feliciano vai à cidade de Piracaia, para compromisso, e salva duas galinhas de irem para a panela

Feliciano vai à cidade de Piracaia, para compromisso, e salva duas galinhas de irem para a panela

Ao chegar na cidade para seu compromisso o deputado avistou uma senhora carregando uma galinha pelos pés. Aflito com a situação o deputado deixou seu compromisso e tentou segui-la perdendo-s de vista. Após quase uma hora de procura o deputado descobriu o endereço da senhora e quando conversou com ela descobriu que realmente ela iria matar a pobre galinha para comer.
Feliciano então conscientizou a senhora que existe uma lei ( Lei do Abate Humanitário) que proíbe que animais sejam mortos fora do abatedouro onde os animais passam por um processo de insensibilização antes de serem abatidos e também sobre a necessidade do carimbo do SIF que garante que a carne esteja livre de possíveis contaminações.
O deputado resarciu-a do valor que pagou pelo galo, em seguida avistando um cachorrinho doente no vizinho, enquanto examinava o cachorrinho, o morador da residência chegou com uma galinha viva nas mesma situação do galo que já estava em posse do deputado.
Indagado por Feliciano sobre o que faria com a galinha, o rapaz disse que ela iria pra panela, disse ainda que iria matá-la por destroncamento do pescoço.. O deputado então tomou o mesmo procedimento que teve no caso anterior e voltou pra Campinas com um galo e uma galinha em seu carro.

Duas vidas literalmente salvas de ir pra panela.



Traduzir