Feliciano participa do III Congresso Mundial de Bioética e Direitos dos Animais

Feliciano participa do III Congresso Mundial de Bioética e Direitos dos Animais

Amigos,

Estive desde quarta-feira (22) em Recife (PE), participando do III CONGRESSO MUNDIAL DE BIOÉTICA E DIREITOS DOS ANIMAIS. O objetivo do evento foi conciliar desenvolvimento ético e a erradicação da fome.

Na manhã de sexta (24), presidi um dos debates mais esperados do Congresso: Novas Tendências nos Direitos dos Animais.

Além de mim, estavam presentes, debatendo sobre o Direito Animal no mundo, DAVID FAVRE (MICHIGAN STATE UNIVERSITY), STEVEN WISE (Center for the Expansion of Fundamental Rights) e DAVID CASSUTO – PhD (PACE LAW SCHOOL e Diretor do BAILE – Brazil -American Institute of Law and Environment).

Tive a chance ainda de participar de um debate antivivisseccionista (contra a utilização de animais em experimentos, pesquisa, no ensino e na indústria) e de escusa de consciência, quando aproveitei a oportunidade para anunciar e convidar todos os presentes a participarem da criação da primeira comissão permanente antivivisseccionista do Brasil, em setembro.

Fiquei muito sensibilizado com a manifestação calorosa que recebi logo após o anúncio.

Também me encontrei com a organizadora da campanha Segunda Sem Carne, a qual, como vegetariano, apoiei de imediatohttp://www.segundasemcarne.com.br

No sábado (25), proferi a Palestra Magna de encerramento, onde enfatizei aos participantes do Congresso que o mundo é feito de ações, não de palavras.

Um dos melhores momentos de minha estada em Recife se deu após o evento, onde pudemos nos reunir com protetores de animais que sentem o problema na pele. E, aí sim, nesta reunião tivemos tempo de discorrer sobre o que realmente é necessário fazer para resolver o problema dos animais do Recife na prática.

A reunião foi muito produtiva, pois conseguimos passar um pouco do nosso conhecimento e experiência para que nossos irmãos protetores de Pernambuco possam melhorar e ampliar o seu trabalho com o intuito de minimizar o sofrimento dos animais.

Enfim, conheci pessoas maravilhosas, que também dedicam sua vida aos animais, além de estabelecer uma conexão direta para troca de informações.

Volto para São Paulo com um sentimento de missão cumprida e muito feliz.

Feliciano Filho



Traduzir