Feliciano participa de palestra em Mogi das Cruzes

Feliciano participa de palestra em Mogi das Cruzes

A pedido das Entidades Protetoras e Animais do Alto Tietê que compreende as cidades de: Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano, o deputado Feliciano compareceu a uma reunião organizada pelo Fórum de Defesa Animal da região.

Diversos assuntos foram discutidos, e o maior problema levantado pelos protetores da cidade de Mogi das Cruzes foi o fato do CCZ da cidade estar dificultando em muito as castrações para a população. Segundo os protetores uma castração leva até 3 meses para ser efetivada e perde-se cerca de 3 dias indo ao órgão público, que fica a cerca de 15 KM do centro da cidade, o que na maioria dos casos impossibilita principalmente a população mais carente de castrar seus animais.

Assuntos relacionados ao funcionamento do CCZ também foram discutidos, Feliciano sugeriu que, a exemplo de São Paulo que está conseguindo alguns avanços depois da formação de uma Comissão de Protetores, que as entidades se reúnam e formem também uma comissão para atuar efetivamente dentro do órgão público.

Ao ser questionado sobre o fato da carrocinha não recolher mais os animais, Feliciano esclareceu o que a OMS preconiza desde 1992:

“Retirar animais das ruas não resolve o problema, na verdade piora, pois os cães são territorialistas e formam matilhas, quanto mais cães são retirados, mais espaço e comida sobram, mais eles ficam fortes e mais se multiplicam. Segundo o OMS o ideal é retirar o animal, castrar e devolver ao local de origem, mantendo desta forma as matilhas, mas impedindo de forma inteligente sua multiplicação.”

Feliciano sugeriu que a comissão que irá se formar marque uma reunião com o Secretário de Saúde, e caso a reunião não surta efeito, ele mesmo se propôs a interceder junto ao prefeito.

Protetores representando a APASFA de Santa Isabel também estiveram presentes na reunião e apresentaram diversos problemas enfrentados por eles no Canil Municipal da cidade. Segundo as ativistas a situação é de completo descaso, os animais estão passando por diversas necessidades e em muitos casos até mesmo por crueldades, pois até medicamento e veterinário tem faltado no local. Feliciano agendará uma visita surpresa no canil e em seguida conversará com o prefeito da cidade.



Traduzir