Cidade de Bocaina (SP) realizou 3ª etapa de castração de cães e gatos

Cidade de Bocaina (SP) realizou 3ª etapa de castração de cães e gatos

A Prefeitura de Bocaina realizou na semana passada – dias 27 e 28 – a 3ª etapa da Campanha de Castração de cães e gatos (fêmeas), que aconteceu no ginásio municipal de esportes “Dedé Megale”, no bairro José Tonon. Com a campanha e o apoio da população da cidade, governo pretende reduzir números de animais errantes e abandono de cães e gatos de Bocaina.

A castração envolve também a identificação dos animais, com número e letra tatuados no corpo. Na primeira e segunda etapa da campanha foram castrados 418 cães e gatos. Nesta, foram castrados e identificados 140 animais.

“Cães e gatos soltos nas ruas dizem respeito à Saúde Pública. Estamos combatendo essa prática de alguns, com orientação e educação dos problemas que isto causa à população”, explica Márcio Cunha, coordenador do Centro Municipal de Zoonoses.

Castração de cães e gatos é questão de Saúde Pública

O Deputado Estadual Feliciano Filho acrescenta ainda ser a castração “ um ato de amor” com os animais

O deputado estadual, Feliciano Filho (PV), responsável pela emenda parlamentar de recurso da Secretaria Estadual de Meio Ambiente para a campanha de castração de cães e gatos em Bocaina, diz ser “uma questão de Saúde Pública” a castração de animais domésticos nos municípios.

Feliciano Filho argumenta que a castração de fêmeas de cães e gatos, evita em 100% a piometra (infecção de útero), também evita em 80% o câncer de mama e tumores de doenças venéreas nos animais. Além disso, continua ele, a castração evita crias indesejadas e animais abandonados nas ruas.

A castração é uma questão muito importante de Saúde Pública nos municípios. É também um ato de amor com os animais”, argumenta o deputado do PV.

Crescimento geométrico

De acordo com Feliciano Filho, a Universidade de São Paulo realizou pesquisa que compara o crescimento das populações de cães e gatos na cidade de São Paulo no período de 2002 a 2008.

Neste espaço de tempo, a população humana cresceu 3,6%, enquanto que a de cães aumentou 60% e a de gatos 152%. A projeção para 2030 aponta que teremos mais cães e gatos do que gente na cidade paulistana”, ressalta ele, que indica os sites para obtenção de informações sobre programa de castração de animais:

www.programaplanetabicho.com.br



Traduzir