banner site novo
banner site novo
banner 04 editado
banner 04 editado
banner 04 editado
banner 01 editado
banner 01 editado
banner 01 editado
DEPA
DEPA
DEPA

publicado em 3 de agosto de 2017

Universidade investe em simuladores ao invés de manter cobaias

Em pleno século XXI esperamos que cada vez mais as universidades adotem os mais modernos e eficazes métodos de ensino, com um valor agregado: a ética. É o que a Uninove está fazendo em sua nova unidade em Osasco (SP) numa parceria com a prefeitura. A faculdade terá um Núcleo Integrado de Simulação com bonecos – método de ensino usual nas melhores universidades do mundo.

“As práticas nos laboratórios de simulação da Uninove, alinhadas com a formação em ambientes reais como hospitais, permitem que os estudantes não apenas vivenciem situações críticas e difíceis, mas que possam treiná-las exaustivamente, o que os tornarão profissionais muito mais qualificados e seguros para responder aos desafios da profissão”, afirma a professora Dra. Cinthya Cosme Gutierrez Duran, diretora da área da saúde da instituição.

“A Uninove apresentou um projeto diferenciado de ensino. Essa parceria trará inúmeros benefícios para a cidade a curto e médio prazo”, disse o prefeito de Osasco Rogério Lins. A parceria prevê a atuação dos futuros médicos na rede básica de saúde após o primeiro ano do curso e a destinação de 10% da receita da universidade, referente ao curso de Medicina, cerca de R$ 14 milhões em seis anos, para aplicação na área de saúde do município. Os futuros médicos poderão atuar na rede básica de saúde, emergência, atenção especializada, ambulatorial e hospitalar, UPAS, UNS, CAPES, entre outros.

Opção para estudantes que querem uma formação ética

Os métodos substitutivos já são uma realidade em cursos de graduação de diversos países do primeiro mundo.

Universidades de Medicina dos EUA e Canadá já aboliram o uso de animais vivos em treinamentos médicos.Além de éticos, os novos métodos ajudam os alunos a adquirirem mais confiança já que os procedimentos podem ser feitos muitas vezes por cada um dos alunos. Em SP, o PL 706/2012, do deputado estadual Feliciano Filho, pretende acabar com o uso de animais vivos no ensino.

A USP, por exemplo, usa com sucesso, cadáveres de animais adquiridos eticamente, além de bonecos de simulação. A professora Júlia Matera do curso de Zootecnia e Veterinária da USP, por exemplo, foi até premiada em 2016. A Faculdade de Medicina do ABC deixou de usar cobaias em 2007 e o cãozinho Pythágoras escapou por um triz do terrível sofrimento graças à professora Odete Miranda, que o adotou no momento em que seria capturado e levado para sala de aula.

O novo campus da Uninove abrigará cursos de graduação em Medicina, Odontologia, Enfermagem, Educação Física, Serviço Social e Tecnologia em Radiologia. A universidade oferecerá também cursos de pós-graduação latu sensu em Enfermagem do Trabalho, Enfermagem em Cardiologia e Hemodinâmica, Enfermagem em Centro Cirúrgico e Central de Materiais e Esterilização, Enfermagem em Urgência e Emergência, Enfermagem em UTI Pediátrica e Neonatal, Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental, Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica, Fisioterapia Cardiorrespiratória, Gerontologia, Imagenologia, Psicologia Organizacional e do Trabalho e Nutrição Clínica Funcional.

(fonte: ANDA)

Nome Completo (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Depoimento