Feliciano se indigna e pede punição exemplar a responsáveis pelos 5 mil bois afogados no Pará | Feliciano Filho - Proteção animal
banner site novo
banner site novo
banner 04 editado
banner 04 editado
banner 04 editado
banner 01 editado
banner 01 editado
banner 01 editado
DEPA
DEPA
DEPA

publicado em 7 de outubro de 2015

Feliciano se indigna e pede punição exemplar a responsáveis pelos 5 mil bois afogados no Pará

Amigos,

Foi com profunda tristeza, indignação, revolta e sentimento de desalento que assisti hoje de manhã esta tragédia pela TV. Já passou do nível do insuportável a negligência, a falta de respeito e sentimento com aqueles nossos irmãos animais que não podem se defender. O sofrimento a eles imposto só tem como diminuir se houver uma pressão muito forte da sociedade. Não basta apenas nos indignarmos.

Temos que pressionar os governos, a polícia, o Ministério Público, o Legislativo para que tomem medidas contundentes e definitivas, que sirvam como exemplo. Conseguimos esta mudança de paradigma no estado de SP, quando os CCZs e canis municipais matavam indiscriminadamente cães e gatos em câmaras de gás, choque elétrico, a pauladas etc. Outros estados também nos copiaram e, se Deus quiser, dentro em breve esta matança estará proibida em nível nacional. Foi um grande esforço, mas conseguimos.

PRECISAMOS FAZER O MESMO COM OS POBRES ANIMAIS DE ABATE.

Para isto, além de aumentarmos a conversão das pessoas ao vegetarianismo, o BNDES precisaria parar urgentemente de fomentar esta indústria da carne, que tem trazido, além de sofrimento aos animais, prejuízos irreparáveis ao meio ambiente, pois estamos exportando água, a chamada água virtual, que é gasta aos milhares de litros para a produção de cada quilo de carne. O Brasil é o maior exportador de carne do mundo porque é o único país que não computa no preço da carne o custo ambiental.

Temos que dar um basta! Encaminhei ao Procurador Geral de Justiça do Estado do Pará uma solicitação para que puna de forma exemplar todos aqueles culpados e omissos que poderiam ter evitado ou minimizado o sofrimento dos animais nesta grande tragédia.

Um abraço a todos.

Feliciano Filho