19369381_1389010344514647_152798619_o
19369381_1389010344514647_152798619_o
banner 01 editado
banner 01 editado
banner 01 editado
banner 03 editado
banner 03 editado
banner 03 editado
banner 04 editado
banner 04 editado
banner 04 editado

publicado em 7 de outubro de 2015

Feliciano se indigna e pede punição exemplar a responsáveis pelos 5 mil bois afogados no Pará

Amigos,

Foi com profunda tristeza, indignação, revolta e sentimento de desalento que assisti hoje de manhã esta tragédia pela TV. Já passou do nível do insuportável a negligência, a falta de respeito e sentimento com aqueles nossos irmãos animais que não podem se defender. O sofrimento a eles imposto só tem como diminuir se houver uma pressão muito forte da sociedade. Não basta apenas nos indignarmos.

Temos que pressionar os governos, a polícia, o Ministério Público, o Legislativo para que tomem medidas contundentes e definitivas, que sirvam como exemplo. Conseguimos esta mudança de paradigma no estado de SP, quando os CCZs e canis municipais matavam indiscriminadamente cães e gatos em câmaras de gás, choque elétrico, a pauladas etc. Outros estados também nos copiaram e, se Deus quiser, dentro em breve esta matança estará proibida em nível nacional. Foi um grande esforço, mas conseguimos.

PRECISAMOS FAZER O MESMO COM OS POBRES ANIMAIS DE ABATE.

Para isto, além de aumentarmos a conversão das pessoas ao vegetarianismo, o BNDES precisaria parar urgentemente de fomentar esta indústria da carne, que tem trazido, além de sofrimento aos animais, prejuízos irreparáveis ao meio ambiente, pois estamos exportando água, a chamada água virtual, que é gasta aos milhares de litros para a produção de cada quilo de carne. O Brasil é o maior exportador de carne do mundo porque é o único país que não computa no preço da carne o custo ambiental.

Temos que dar um basta! Encaminhei ao Procurador Geral de Justiça do Estado do Pará uma solicitação para que puna de forma exemplar todos aqueles culpados e omissos que poderiam ter evitado ou minimizado o sofrimento dos animais nesta grande tragédia.

Um abraço a todos.

Feliciano Filho

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Depoimento