19369381_1389010344514647_152798619_o
19369381_1389010344514647_152798619_o
banner 01 editado
banner 01 editado
banner 01 editado
banner 03 editado
banner 03 editado
banner 03 editado
banner 04 editado
banner 04 editado
banner 04 editado

publicado em 11 de agosto de 2015

Feliciano pede o fim das redes de neblina

Amigos, foi aprovada nesta terça-feira, 11, na Comissão de Meio Ambiente da ALESP, uma moção de minha autoria à presidenta da República e ao Congresso Federal a fim de que todos os esforços sejam feitos para proibir a comercialização da rede de neblina, também conhecida como rede japonesa, frequente e indiscriminadamente utilizada na captura de pássaros e morcegos, vendidos depois clandestinamente.

Proibir a venda indiscriminada desse material contribui com a formação de uma sociedade consciente de seus deveres e capaz de cooperar efetivamente com o fim do tráfico de animais silvestres no Brasil.

Em locais de grande trânsito de aves, captura-se em um só dia cerca de mil espécimes. Por ser praticamente invisível, a ave que passa pelo local inevitavelmente se choca com a rede e nela se enrosca. Dependendo do modo com a ave fica presa, torna-se impossível retirá-la sem danificar os fios da rede. Opta-se, muitas vezes, por cortar à sangue-frio a parte do corpo do animal que ficou presa.

A moção será encaminhada imediatamente a Brasília.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Depoimento