EMBARQUE DE ANIMAIS VIVOS, UMA MARATONA DE DOR E CRUELDADE

SOFRIMENTO NO NAVIO: Viagem pode levar 18 dias, menos de 1 metro quadrado por boi, alguns perdem os olhos por conta da amônia produzida pelo excesso de fezes, urina e vômito. Outros quebram a perna por conta do balanço. Enfim, todos terão fim trágico.
SOFRIMENTO NO ABATE: Não tem processo de insensibilização! São degolados, ficam em estado de agonia, conscientes até que saia o todo sangue.
DESEMPREGO: Gera desemprego aqui e emprego no país importador.
INSUMOS: Encarece a carne e insumos para os brasileiros.
ISENTO DE IMPOSTO: Não pagam ICMS para o estado que poderiam reverter para a saúde, segurança, educação.
DEGRADAÇÃO AMBIENTAL: Ficamos com o ônus e o importador com o bônus. A exportação de animais vivos só beneficia alguns poucos pecuaristas, representa 0,001% da exportação de proteína animal do estado de SP.

Leia mais e veja os vídeos: http://felicianofilho.com.br/m-pl-31/

FELICIANO 44444 – o protetor dos animais
www.felicianofilho.com.br



Translate