Deputado Feliciano Filho disponibiliza carta de Objeção de Consciência a estudantes

Documento servirá para que alunos de cursos que utilizam animais mortos ou vivos para estudos não sejam penalizados por não aceitarem participar desse tipo de atividade

O deputado estadual Feliciano Filho (PSC), que tem como principal plataforma política a proteção aos animais, divulgou nesta quarta-feira, 11 de maio, um modelo de carta de Objeção de Consciência. O documento servirá para que estudantes que hoje são obrigados a cumprirem disciplinas em que precisam estudar animais vivos ou mortos optem por não fazê-lo, sem que sejam penalizados por isso.

O parlamentar tem entre seus projetos o PL 706/2012, que visa restringir a utilização de animais em atividades de ensino no Estado de São Paulo, sem prejuízo de proibições e sanções previstas em outros dispositivos legais federal, estadual e municipal.

Cursos como medicina, medicina veterinária, biologia, psicologia, odontologia, ciências farmacêuticas e enfermagem obrigam os alunos a fazerem cirurgias exploratórias e dissecarem os animais como forma de ensino, prática extremamente cruel e desnecessária, já que existem outros meios de se absorver o conteúdo sem matar outros seres vivos.

“Esta forma de utilização animal, no entanto, vem sendo cada vez mais questionada no meio acadêmico e pela população em geral, seja por questões éticas, seja por questões científicas. Há uma crescente tendência da sociedade em trazer os animais para uma esfera moral, reconhecendo-os como sujeitos de direito”, relata Feliciano Filho.

Para baixar a carta, os estudantes só precisam acessar o link http://felicianofilho.com.br/wp-content/uploads/2015/12/Carta-de-Obje%C3%A7%C3%A3o-de-Consci%C3%AAncia.docx, baixar o conteúdo e completar os espaços em branco com os dados solicitados.



Translate