Delegacia Eletrônica de Proteção Animal já segue para o segundo estado

O Deputado Noraldino Junior, de Minas Gerais, protocolou no início de março projeto de Lei idêntico ao de autoria do Deputado Feliciano Filho, apresentado em São Paulo em fevereiro e que cria a Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (DEPA). Segundo a proposta, a delegacia eletrônica receberá denúncias sobre maus-tratos a animais, sejam domésticos ou domesticados, nativos, exóticos ou silvestres que ocorrerem no Estado de Minas Gerais.

“A ideia surgiu depois de conhecer o projeto apresentado no Estado de São Paulo pelo deputado Feliciano Filho. Entrei em contato com o parlamentar e decidi apresentar a proposta em Minas Gerais, por ter certeza de que um portal como este será mais um avanço no combate aos maus-tratos aos animais”, contou Noraldino Junior.

Para Feliciano, isso só demonstra que seu mandato segue no caminho certo, o de ser uma referência na defesa dos direitos dos animais. “Assim como a Lei Feliciano, que proibiu a matança indiscriminada de animais nos CCZs e canis municipais, já está indo para o 17º estado, mais leis de minha autoria também estão sendo protocoladas em outras Assembleias Legislativas – como a Lei Antipeles, recentemente aprovada no Paraná. Fico muito feliz que agora Minas Gerais tenha a oportunidade de aprovar a instalação de uma Delegacia Eletrônica de Proteção Animal, pois isso dará mais segurança para punir quem comete maus tratos contra aqueles que não podem se defender, não têm voz e nem a quem recorrer,” afirmou.

Tanto o projeto paulista quanto o mineiro seguem tramitação normal e ainda não têm data para serem votados em plenário.



Translate